27 de nov de 2013

A moda do Naked cake

Oie!

Hoje vamos de moda, acho que já deixou de ser tendência, todo mundo conhece e já está bem popular: Os naked cakes ou, traduzindo literalmente, os bolos pelados! Meu aniversário foi esses dias e eu ganhei das minhas amigas um bolo que é quase um naked cake, digamos que era um semi naked cake! E eu já achava lindo, me apaixonei ainda mais por essa versão de bolo e resolvi compartilhar com vocês.



Com certeza você já deve ter visto algum, eles foram criados nos EUA por volta de 2010 e aos poucos foram ganhando lugar aqui no Brasil também. Eles dispensam coberturas deixando à mostra tanto a massa do bolo quanto o recheio. Pode parecer meio desleixado, mas fica com uma aparência muito mais apetitosa do que, por exemplo, um reboco de pasta americana.

Na minha opinião é genial! Você vê exatamente o que vai comer (ou tem uma boa idéia), a aparência é super ousada, e dispensa aquelas coberturas infinitas que você ou seus convidados vao enjoar de comer e deixar no cantinho do prato para jogar fora. Particularmente eu gosto de comidas que sejam funcionais. As comidas bonitas e bem elaboradas em formatos diversos são sem dúvidas artes maravilhosas dignas de admiração, a pasta americana, por exemplo, permite todo tipo de personalização, toda classe e toda arte que se possa querer, mas eu não conheço ninguém que pegue um bom pedaço de pasta americana coloque na boca e diga “hmmmm que delícia!”. Ou seja, perde um pouco da funcionalidade da comida, que no caso de um bolo seria enlouquecer o seu paladar (no bom sentido).

E o bolo pelado permite que você tenha essa funcionalidade do bolo plenamente sem perder a oportunidade de ser criativo e decorar o ambiente. No geral, o bolo pelado tem um estilo meio rústico, mas ao mesmo tempo delicado. Mas não significa que ele também não possa ser chique ou clássico. Decorações são feitas geralmente com frutas ou flores comestíveis, mas nunca há limite para a criatividade. Esses bolos são uma boa pedida tanto para uma festinha informal de amigos, quanto para casamentos, onde vem ganhando muito espaço.

  


E quem pensa que não cobrir o bolo é coisa de preguiçoso está muito enganado. O cuidado e trabalho que se tem com a cobertura só são transferidos para a massa e o recheio que devem ter espessuras aproximadas, combinar em cores, e serem preparados de maneira mais cuidadosa pois ficarão expostos. Além disso, no caso de bolos de vários andares, há o cuidado com a estrutura, pois a pasta americana firma as camadas e sem ela outros meios de sustentação devem ser usados.


Eu achei um vídeo bem legal com várias dicas de um bolo pelado delicioso no canal Cozinha Bossa e Malagueta. Espero que gostem. 





E como sempre nosso top 5 de receitas:

1 comentários:

Paula Melo disse...

É mto mais atraente ver o que estamos comendo mesmo! Quero fazer um depois! Amei ^^

www.violetasroxas.com

Postar um comentário